https://1.bp.blogspot.com/-6tpb_EU91Cg/XQj_l2NCv2I/AAAAAAAABnM/pgIDrlCR1604JI-HWrxiBXf8ge2VQXUiQCLcBGAs/s72-c/enfermeiro.jpg

Criada frente parlamentar em defesa da enfermagem

Colegiado vai lutar por bandeiras como piso salarial e jornada semanal de 30 horas para esses profissionais. O presidente da Câmara, R...
Colegiado vai lutar por bandeiras como piso salarial e jornada
semanal de 30 horas para esses profissionais.
O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), determinou nesta segunda-feira (17) o registro da Frente Parlamentar Mista em Defesa da Enfermagem. Idealizador deste importante espaço de debate e mobilização, o deputado Célio Studart (PV-CE) obteve o apoio de 200 deputados e oito senadores. 

O colegiado vai lutar por uma série de iniciativas em prol dos mais de 1,8 milhão de profissionais em atuação no país, como o piso salarial, a redução da carga horária e espaço adequado para repouso.  

Outra bandeira é a votação do projeto de lei que estabelece a jornada semanal de 30 horas para profissionais da Enfermagem (PL 2295/2000), em tramitação há quase duas décadas no Congresso. Em abril, Célio apresentou requerimento pedindo a inclusão da proposta na pauta do Plenário da Câmara.

“Que lobby é esse que impede essa Casa de votar as 30 horas? Nós vamos pegar pesado com essa questão, porque os enfermeiros precisam de mais respeito nesse país", ressaltou em discurso na ocasião. 

NÚMEROS 

De acordo com a Pesquisa “Perfil da Enfermagem”, realizada pela Fiocruz por iniciativa do Conselho Federal de Enfermagem (Cofen), há 414 mil enfermeiros e 1,3 milhão de técnicos e auxiliares de enfermagem em atuação no país. 

A cerimônia de instalação da frente parlamentar ocorrerá em data a ser definida.  Para criar uma frente parlamentar, o interessado precisa do apoio de pelo menos um terço de integrantes do Poder Legislativo. 

(foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil)

Nenhum comentário:

Postar um comentário