https://1.bp.blogspot.com/-ify5-XcK9u8/XrWss4ks8uI/AAAAAAAAB-Q/LEZIXZkTvngvFpZ0cp_vvyw0WvAN2oXbACLcBGAsYHQ/s72-c/depceliostudar10.jpeg

COVID-19: presidente da Frente Parlamentar da Enfermagem cobra informações de Ministério

Presidente da Frente Parlamentar Mista em Defesa da Enfermagem, o deputado federal Célio Studart (PV-CE) apresentou requerimento de info...


Presidente da Frente Parlamentar Mista em Defesa da Enfermagem, o deputado federal Célio Studart (PV-CE) apresentou requerimento de informações ao ministro Nelson Teich com questionamentos sobre a situação dos profissionais de saúde diante da pandemia da COVID-19.

O deputado quer saber, entre outros dados, a quantidade de profissionais de saúde que testaram positivo, quantos foram afastados e que medidas foram adotadas para recomposição dos quadros de servidores.

Na quarta-feira (7), o número de profissionais de enfermagem mortos pela Covid-19 no Brasil chegou a 98, segundo dados do Conselho Federal de Enfermagem (Cofen) – número superior ao dos Estados Unidos, por exemplo. Quase 9 mil já foram afastados de suas funções.

“O futuro do país está nas mãos dos profissionais de saúde. Eles estão na linha de frente do combate da pandemia e, em razão disso, são a categoria profissional mais vulnerável, com índices de mortalidade altos”, alerta Célio Studart.

“Um dos principais receios das autoridades de saúde é que o adoecimento de enfermeiros e seu eventual afastamento agrave ainda mais o estresse sobre o sistema de saúde, podendo acarretar, inclusive, em seu colapso”, completa o parlamentar.

O Requerimento de Informações cita ofício da Federação Nacional dos Enfermeiros, também endereçado ao Ministério da Saúde, que pede informações sobre a contaminação e mortalidade da categoria. No caso do documento enviado pelo deputado federal, a pasta terá 30 dias para responder as perguntas, sob pena de cometimento de crime de responsabilidade.

No feriado de 1º de maio, o deputado participou de reunião virtual com a FNE para debater projetos de lei em tramitação na Câmara considerados prioritários pela entidade. Entre eles, está o PL de Célio Studart que estabelece indenização e pensão a familiares de dependentes de profissionais de saúde que morram durante a pandemia de COVID-19. Este é um dos seis projetos de lei apresentados pelo parlamentar relacionados ao coronavírus.

Nenhum comentário:

Postar um comentário